Slider



Mais um capítulo desta novela!

Muita gente não deve se lembrar, mas a canção "Blurred Lines", "hit de Robin Thicke" em 2013, foi composta pelo Pharrell Williams para dar uma guinada na carreira do rapaz. No ano passado, além das milhares de críticas pelo incentivo ao estupro que continha na letra da música, a canção também foi acusada de plágio pela família de Marvin Gaye, o que fez Robin Thicke sair de cena e assumir que não produziu a faixa (apenas quis por o nome nos créditos para ganhar uma moral) e assim, jogou a bucha para o coitado do dono do "Happy" que está se virando nos trinta para provar que não plagiou nada e que inspirou em apenas uma pessoa: Miley Cyrus!


Em depoimento judicial, o produtor e jurado do The Voice americano declarou que se inspirou na cantora para compor a música, e não no Marvin Gaye. "Eu estava fazendo um monte de músicas que combinavam com Miley", explicou o rapaz. A família Gaye insiste no plágio e aponta várias semelhanças com o material produzido dos anos 70, época de sucesso do cantor. Mesmo assim, o produtor jura que o artista nem sequer passou em sua cabeça durante o processo criativo.


"Eu tive esse sentimento, que se sentia no final dos anos 70. Às vezes, quando você olha para trás em seu trabalho anterior, você vê ecos de pessoas", disse o rapaz.

Robin, dá uma força para o seu amigo aí, pow!





© Copyrighted: OWN.Art Ideas - Todos os direitos reservados a Giovane Almeida