Slider



A capivara do Justin Bieber é maior que a língua da Miley Cyrus, isso sem dúvida! Parece que a cada dia aumenta mais e o canadense não está nem aí, muito menos os fãs, que pelo contrário, defendem.

O fotógrafo Manuel Munoz processou Justin Bieber após o astro ter instruído seu segurança Dwayne Patterson, a força-lo (com violência, óbvio) a apagar algumas fotos que ele registrou do canadense saindo de um restaurante do mesmo dia de ser pego dirigindo alcoolizado. Bacana não?


Segundo o fotógrafo, o segurança arrastou ele dentro do restaurante e o pressionou contra a parede exigindo que as fotos fossem apagadas. O negócio piorou, calma! O segurança ainda tentou arrancar o cartão de memória da máquina, a força, danificando o aparelho, e ainda socou e chutou o fotógrafo. Aff!

E assim, na agenda do Justin Bieber tem mais um encontro com o juiz marcado para o dia 07 de Julho.

#GIOVANESHEHERAZADE

Alô beliebers, gente boa não? Antes de descerem um mundo de críticas na postagem, coloquem no lugar do fotógrafo alguém da família de vocês. Independente de fotografar ou não, analisem apenas o nível de agressividade que foi feito contra o rapaz para apagar as fotos. Não quer mídia e nem paparazzi, não sai de casa, e muito menos pense em se tornar famoso. Grandes artistas como Madonna, Britney Spears, Justin Timberlake, enfim, aquele pessoal um pouco mais tradicional, sempre conviveu com isso (alguns barracos às vezes), mas nada justificado a um segurança pressionar contra a parede e encher de murros e chutes alguém que está fazendo apenas seu trabalho, que por sinal, chega a vocês para colocarem em plano de fundo do seu computador, celular, posteres, enfim, surge de lá e vem parar aqui para O SEU AGRADO. Pensem no ídolo que vocês seguem.





© Copyrighted: OWN.Art Ideas - Todos os direitos reservados a Giovane Almeida